GMtel promoveu Atelier de Informática para as crianças da Casa do Infantado - GMtel

Casa do Infantado GMtel

No âmbito do programa de sustentabilidade da GMtel, a empresa dinamizou o “Atelier de Informática – Projeto de Voluntariado Educativo”, dirigido às crianças da Casa do Infantado, que pertence à Associação Crescer Ser. A ação decorreu na passada quinta-feira, nas instalações da casa, em Loures, e contou com a presença de 10 crianças.

Esta foi a primeira de um conjunto de sessões que fazem parte do projeto de voluntariado da empresa, que coincidiu com as férias da Páscoa das crianças. Os temas centrais que foram abordados durante a ação, que decorreu ao longo de toda a manhã, foram Informática e Tecnologia.

Enquanto os participantes mais velhos estiveram a aprender a trabalhar com o programa Power Point, através da recriação de uma história escolhida pelo grupo, os mais novos, que ainda não tinham idade para manusear o computador, estiveram a desenhar elementos relacionados com tecnologia.

Esta sessão foi, propositadamente, ministrada de forma mais alargada e superficial, de modo enquadrar as reais necessidades e interesses do grupo com quem contactámos, permitindo no futuro, desenhar mais eficazmente o programa das restantes sessões que estão previstas acontecer durante o ano.

Este programa de voluntariado tem como objetivos, transmitir conhecimentos desde a primeira hora, de modo a que estas atividades acrescentem valor às vidas dos participantes e capacitar as crianças com conhecimentos sobre tecnologia, que podem ser aplicados durante a vida escolar bem como pessoal de cada um.

Conhecimentos gerais sobre Informática e Tecnologia foram adquiridos, numa primeira fase, pelas 10 crianças participantes. A GMtel acredita que este trabalho voluntário com a Casa do Infantado contribui para o desenvolvimento da educação infantil no que se relaciona com as potencialidades do ambiente digital, quer através da utilização do computador, quer dos dispositivos móveis. Uma vez que quer a escola quer o ambiente onde residem contribuem apenas parcialmente com a educação infantil nestas áreas, cabe também às empresas, no âmbito da Responsabilidade Social, contribuir para a educação das crianças, tornando-as adultos mais capacitados.

A GMtel considerou a manhã muito proveitosa, tanto para as crianças como para toda a equipa que contribuiu para a realização das atividades. As crianças demonstraram interesse em todas as ações desenvolvidas pela GMtel, que contou com o apoio da equipa de colaboradoras da Casa do Infantado. Estas crianças, que na escola são mais um aluno, aproveitaram ao máximo esta oportunidade, que pretende ser mais um contributo para despertar o interesse no desenvolvimento de atividades nas áreas da tecnologia.

Em simultâneo, no dia da ação, a GMtel ofereceu um cabaz de material escolar, bastante necessários ao bem-estar das crianças residentes na Casa do Infantado. No website da instituição é publicada, frequentemente, informação sobre as necessidades da casa, a que podem ter acesso, todos os interessados em ajudar esta organização.

 

 

 

Tagged on: